ADICIONAL DE PERICULOSIDADE PARA AS ATIVIDADES DE TRABALHADOR EM MOTOCICLETA.

Por meio da lei nº 12.997, de 18 de Junho de 2014, foi acrescentado o parágrafo quarto (4º) ao art. 193, da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), para considerar perigosas as atividades de trabalhador em motocicleta.

A partir de agora, o funcionário que pratica atividades ao empregador com a utilização de motocicleta terá direito ao adicional de periculosidade, que representa 30% a mais no seu salário.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: